•  
     

WhatsApp ataca Viber e Skype e anuncia chamadas de voz ainda para 2014

Os últimos dias foram de destaque para o WhatsApp Messenger. Após a compra do aplicativo por US$ 16 bilhões pelo Facebook (mais US$ 3 bilhões futuros) e da queda de serviços no último sábado, o mensageiro divulgou, nesta segunda-feira (24) durante o Mobile World Congress (MWC), um novo recurso já disponível nos concorrentes ainda para 2014: a realização de chamadas de voz gratuitas.

Imagem

Jan Koum, fundador do WhatsApp, aproveitou sua presença no MWC 2014, o principal evento de tecnologia móvel do mundo, para revelar a grande novidade. Agora bilionário, o executivo destacou a importância deste passo para tornar o serviço oferecido pelo aplicativo ainda mais popular.

“Nossa missão é levar a opção de as pessoas entrarem em contato com as outras em qualquer lugar e de forma econômica. Nossa meta é estarmos presentes em todos os aparelhos celulares do mundo”, afirmou.


- Concorrentes já oferecem chamadas

Todos os principais concorrentes do WhatsApp, como Viber, Skype, Line e BlackBerry Messenger (BBM), já oferecem o recurso VoIP. Portanto, este era um ponto fraco do aplicativo que pesava na decisão dos usuários que buscavam uma alternativa além da troca de mensagens de texto.
Ainda não há muitos detalhes de como funcionará o sistema de ligações gratuitas que o WhatsApp vai implantar, mas não deve ser muito diferente do oferecido em outros serviços: os usuários que têm o aplicativo instalado devem poder se falar sem pagar quando conectados na Internet. Resta saber se haverá ainda o sistema de compra de créditos para ligar para números de telefone sem o aplicativo.
Com uma base de 330 milhões de usuários diários e 465 milhões mensais, o WhatsApp pretende ver estas estatísticas aumentarem ainda mais após a aquisição realizada pelo Facebook e quando lançar o novo recurso de ligações, o que deve ocorrer já no segundo trimestre deste ano.


Fonte
 
WPP >> all