•  
     

Viciada em internet, mulher é internada em SP

148806511122922-t640.jpg



Você acredita que o vício em internet pode levar alguém até mesmo a ser internado para tratar a dependência? Pois foi justamente o que aconteceu com a auxiliar de cozinha Lucélia Cristina Paes, de 26 anos. Ela está há três semanas internada em uma clínica para dependentes químicos na cidade de Araçoiaba da Serra, interior de São Paulo.

Lucélia passava madrugadas acordada em bate-papos virtuais no Facebook, chegando a perder 33 quilos durante o auge da sua crise e se esquecendo até mesmo de levar os filhos para a escola ou preparar o almoço para a família. Depois de várias brigas, o marido decidiu pedir separação e Cristina entrou em depressão.

Como consequência do uso prolongado do celular, a paciente passou a apresentar uma tremedeira nas mãos, ainda não superada. No trabalho, foi proibida de usar o aparelho, mas em vez de almoçar trocava o seu horário livre por um tempo para ficar conectada. Após a insistência, perdeu o emprego.

O tratamento completo deverá durar três meses, quando será iniciado o processo de reinserção no mundo real. Segundo a psicóloga Ana Leda Bella, do centro terapêutico onde ela está internada, a paciente é a primeira a recorrer à clínica por conta da dependência da internet. Recentemente, um documentário mostrou a
situação dos viciados em internet na China.

Fonte
Não tem Permissão para ver os ficheiros anexados nesta mensagem.