•  
     

Tecnologia que substitui conversor de TV a cabo pode vir para o Brasil

Imagem


Quem é fissurado por tecnologia certamente sabe que quanto menos cabos, melhor. Seguindo esse conceito, uma companhia europeia conhecida como SmarDTV está tentando trazer uma tecnologia bastante interessante para o território brasileiro: estamos falando do CAM, um pequeno módulo capaz de substituir os espaçosos set-top-boxes que utilizamos para captar o sinal de TV paga.

A apresentação do dispositivo foi feita durante a Associação Brasileira de TV por Assinatura (ABTA 2013), uma feira que ocorreu entre os dias 6 e 8 de agosto em São Paulo capital.

O CAM resume-se em um leitor de Smart Cards (cartões utilizados nos conversores de sinal) que pode ser inserido na traseira de um televisor compatível através de um slot do tipo Commom Interface. O diferencial do aparelho é seu tamanho diminuto – como você pode conferir na imagem acima, ele não é maior do que um cartão de crédito convencional.

De acordo com Marc Uldry, chefe de produto da SmarDTV, “cada slot custa de US$ 1 a US$ 2 para as fabricantes de TV, enquanto um CAM sai por cerca de US$ 25”.

A tecnologia foi inventada na Europa para organizar os dados da TV digital aberta do continente, que também é criptografada. Justamente por isto, a presença de um slot em qualquer televisor é obrigatória por lei. Uldry explica ainda que há modelos mais avançados do CAM, que possuem inclusive conexão WiFi para captar serviços da internet (como YouTube e derivados). Resta saber se as provedoras de TV a cabo do Brasil se interessarão pelo produto.


#FONTE.