•  
     

Sony pede desculpas na BGS 2013, mas preço do PS4 no Brasil segue R$ 4 mil

A Sony apresentou sua conferência na Brasil Game Show 2013, que começou como um pedido de desculpas pelo polêmico preço de lançamento do PlayStation 4 no país, marcado para 29 de novembro por R$ 3.999. Porém, a empresa tambem exibiu grandes conquistas em território nacional, como jogos mais baratos, suporte a estúdios nacionais, jogos dublados em português e uma versão de Gran Turismo 6 com o piloto Ayrton Senna.

Imagem

Boa parte do evento foi apresentada pelo presidente da marca PlayStation na América Latina, Mark Stanley, que abriu a conferência falando do preço. Mark comentou que sabe que o valor não é justo e que não é a primeira vez que a Sony encontrou dificuldades no Brasil, mas que está comprometido em tornar o PlayStation 4 acessível a todos, citando como vitórias a diminuição do preço do PlayStation 3 e de seus jogos.

A primeira novidade que Mark anunciou foi que a linha Favoritos do PlayStation 3 receberia novas adições. Sonic Generations, Borderlands e Super Street Fighter 4 ganharão versões que custam apenas R$ 79 ao entrar para essa lista de títulos preferidos dos jogadores.


Imagem

Logo em seguida, subiu ao palco Viviane Senna, irmã do tricampeão mundial de Fórmula 1, Ayrton Senna. Viviane anunciou uma parceria entre a Sony e o Instituto Ayrton Senna, que se revelaria no final da conferência como a presença do lendário piloto brasileiro em Gran Turismo 6. Haverá ainda um pacote especial incluindo um console PlayStation 3, o jogo e um DLC especial para jogadores brasileiros.

Os primeiros jogos só começaram a ser mostrados com a chegada de Mark Rogers, da Sony Worldwide Studios. Um título independente de ação com visão aérea camado Helldivers foi demostrado com quatro jogadores em multipayer cooperativo. Ele será lançado em 2014 para PlayStation 3, PlayStation 4 e PS Vita.

O foco passou rapidamente para o portátil PlayStation Vita, que recebe jogos como Batman: Arkham Origins Blackgate essa semana (também para Nintendo 3DS) e o esperado Tearaway, da produtora de LittleBigPlanet, em 22 de novembro. Foi mostrado então um trailer exibindo vários dos jogos lançados para o PS Vita recentemente e também alguns novos que chegam ainda esse ano, como: Fieldrunners 2, Kick Beat, Doki-Doki Universe, Flower e Pinball Heroes.


Imagem

O chefe de relações com publishers e desenvolvedores, Adam Boyes, demonstrou como a família PlayStation teria o apoio de grandes títulos esse ano, como Need for Speed Rivals, Call of Dutys: Ghosts e Injustice: Gods Among us, mas também revelou o suporte da empresa com títulos menores, como o promissor jogo Transistor.

Demonstrando a importância desses pequenos desenvolvedores, Adam relembrou o primeiro jogo brasileiro lançado para uma plataforma PlayStation, Freekscape: Escape from Hell, um título PS Mini da produtora Kidguru. Ele ainda relembrou o título WackyLands Boss da Fair Play Labs da Costa Rica.

Seguindo este gancho, Adam revelou que a Sony já havia enviado vários kits de desenvolvimento do PS Vita para produtoras na América Latina e que pretendia fazer o mesmo para o PlayStation 4. Segundo ele, há 66 desenvolvedores na região criando jogos para plataformas PlayStation, dos quais 19 são do Brasil.


Imagem

O estúdio QB9 da Argentina aparece no palco para exibir um pouco de Pain, seu bizarro e gratuito jogo para PlayStation 3. Em uma demonstração os apresentadores tentavam jogar boliche arremessando personagens contra pinos gigantes, enquanto o outro podia destruir o cenário a sua volta para atrapalhá-lo.

Após algumas risadas com o jogo o assunto muda para títulos localizados em português para o Brasil, citando grandes exemplos como Grand Theft Auto 5, o primeiro GTA a ser lançado todo em português, e PES 2014, a popular série de futebol da Konami que trouxe todos os times da primeira divisão do Campeonato Brasileiro.


Imagem

Tomando estes jogos como exemplo, começa uma longa sessão de demonstrações de vários títulos com legendas e dublagem em português. O futurista Watch Dogs, o esperado Assassin's Creed 4: Black Flag e até mesmo Destiny, jogos dos mesmos criadores de Halo. Este último apenas com legendas em português.

Após um trailer com variados jogos, Seth Killian, da Ready at Dawn Studios, aparece no palco e exibe The Order 1886, uma das novas promessas do PlayStaton 4, também em português. Logo em seguida, David Hernandez, da Sucker Punch, faz o mesmo exibindo um trailer de Infamous: Second Son.


Imagem

A sequência de trailers é quebrada por Sebastian Downie, da Guerrilla Games, que apresenta Killzone: Shadow Fall, totalmente dublado em português, com um gameplay ao vivo. O título impressiona, não tanto pelos gráficos, mas pela destruição de cenário relevante, como arrebentar uma parede para pegar inimigos desprevenidos.

O assunto volta a ser o PS Vita, porém com foco na conexão ao PlayStation 4. Uma demonstração de Knack exibe a função Remote Play, que permite jogar títulos do console remotamente no portátil, mas evolui para mostrar um modo cooperativo cross-play onde cada jogador usa um aparelho. Assim como outros títulos exibidos, Knack também estará todo em português.

Sobe então ao palco o chefe da marca PlayStation no Brasil, Anderson Gracias, para anunciar oficialmente a chegada do serviço PS Plus no Brasil, Argentina e Chile. Na conferência foi revelado apenas o preço para 1 ano de assinatura, custando R$ 99 (mais barato que nos Estados Unidos), porém já foram anunciados anteriormente pacotes de 1 mês por R$ 19,99 e 3 meses por R$ 34,99.

A PlayStation Plus no Brasil trará todas as vantagens de sua contraparte norte-americana, incluindo jogos com desconto, salvar seus jogos na nuvem, atualizar títulos automaticamente e ter acesso a uma coleção instantânea de jogos sem pagar nada. O serviço se estende entre o PlayStation 3, PS Vita e futuramente o PlayStation 4.

A conferência foi encerrada com a surpresa que Ayrton Senna estaria presente no jogo Gran Turismo 6 para PlayStation 3, assim como o anúncio de um pacote temático para o Brasil, com um PS3, o jogo e um DLC com 25 carros e US$ 1 milhão em dinheiro virtual.

O criador da franquia Gran Turismo, Kazunori Yamauchi, subiu ao palco e revelou que era um grande fã do piloto brasileiro. Ele ainda disse que se Ayrton Senna não existisse, provavelmente nunca teria criado a série Gran Turismo, e que se ele conseguir passar pelo menos um pouco do espírito do piloto para quem jogar, já estará feliz. E seguindo a parceria anunciada no início, uma porcentagem das vendas de Gran Turismo 6 será convertida para o Instituo Ayrton Senna.

Para decepção dos fãs, a Sony não revelou nenhuma novidade sobre o altíssimo preço do PlayStation 4 no Brasil, anunciado por R$ 4 mil. E para os que buscam alternativas mais baratas para comprar o console da Sony, o TechTudo separou algumas dicas.


#FONTE
 
af so pq o preco tava quase bom ! piorou de novo kk !