•  
     

Será que a Coréia tem realmente um exército capaz de derrotar os EUA???

A Coreia do Norte anunciou, no final do mês de março, o "estado de guerra" com a Coreia do Sul, e também chegou a ameaçar um ataque aos Estados Unidos.


Segundo analistas internacionais, é difícil avaliar com precisão o tamanho do arsenal militar norte-coreano. Apesar disso, suas forças despertam a atenção e preocupam tanto o vizinho do Sul quanto o governo norte-americano com a possibilidade de uma guerra real.


A seguir, conheça o poder bélico da Coreia do Norte e as chances de Pyongyang em um possível conflito militar








Atualmente, a Coreia do Norte mantém cerca de 65% de suas unidades militares, e até 80% do seu poder de fogo global estimado, em uma área de até 100 Km da zona desmilitarizada, na fronteira com a Coreia do Sul, segundo informações do Instituto Internacional de Estudos Estratégicos (IISS, na sigla em inglês), organização britânica especializada em segurança internacional.

Com 700 mil soldados, 8.000 peças de artilharia e 2.000 tanques próximos à região, a Coreia do Norte poderia invadir o vizinho do Sul a qualquer momento








As Forças Armadas da Coreia do Norte são o 5º maior Exército do mundo, composto por 1,1 milhão de militares da ativa, segundo o IISS, o que representa quase 5% de toda a população. Além disso, outros 4,7 milhões de militares estão na reserva.


O número de soldados norte-coreanos é quase duas vezes maior que o da Coreia do Sul, que possui 687 mil na ativa, além de 4,5 milhões na reserva.

Além disso, as forças norte-coreanas possuem uma quantidade estimada de 3.500 carros de combate, 3.000 veículos blindados e tanques leves, e mais de 10 mil peças pesadas de artilharia, muitas das quais são de autopropulsão

O país mantém, oficialmente, um orçamento de defesa anual de cerca de R$ 3 bilhões (US$ 1,5 bilhão) para apoiar essas forças.

Mas outras estimativas indicam que o gasto seria três vezes maior, ou cerca de 25% do PIB da Coreia do Norte

Por seguir a doutrina militar soviética, a Coreia do Norte provavelmente começaria uma guerra com um ataque massivo de artilharia às bases da Coreia do Sul e dos Estados Unidos, ao sul da zona desmilitarizada, com o objetivo de tomar a capital sul-coreana, Seul.

Em seguida, Forças Especiais poderiam ser levadas à Coreia do Sul por meio de túneis, submarinos ou lançamentos aéreos.

Para evitar esses ataques, a Coreia do Sul intensificou nos últimos dias os exercícios militares na região, juntamente a tropas norte-americanas. Acima, soldados sul-coreanos treinam próximo à zona desmilitarizada, a apenas 77 km ao norte de Seul

Nas proximidades da zona desmilitarizada, há mais de 20 brigadas das Forças Especiais norte-coreanas e cerca de 88 mil tropas, que podem ser usadas para operações de ataque aéreo, marítimo e terrestre.


Além disso, as forças de terra têm cerca de 7.500 morteiros e milhares de mísseis que podem ser usados a qualquer momento, segundo informa o IISS, instituto especializado em segurança internacional

Militares norte-coreanos têm cavado mais de 4.000 instalações subterrâneas perto da zona desmilitarizada, além de uma quantidade estimada de 20 túneis, que servem para locomoção das tropas em caso de ataque à Coreia do Sul

Armas químicas também poderiam ser usadas contra alvos civis e militares da Coreia do Sul.

No último dia 31, o líder norte-coreano, Kim Jong-un, prometeu a ampliação "quantitativa e qualitativa" de seu arsenal nuclear, em resposta à ameaças feitas pelos Estados Unidos, e voltou afirmar que seu país lançará mais mísseis.

Mas a real capacidade da Coreia do Norte de carregar e disparar ogivas nucleares permanece desconhecida



PODER NAVAL

A Marinha norte-coreana possui diversas embarcações de guerra, incluindo navios próprios para ataque e patrulha, cerca de 26 submarinos e dez veículos anfíbios.

A Coreia do Sul também possui veículos e armamentos de alta tecnologia e qualidade, mas em menor quantidade do que a Coreia do Norte.

No final de março, o país foi acusado de alterar digitalmente imagens de seus equipamentos militares, com a intenção de fazê-los parecer ainda mais poderosos



PODERIO AÉREO

A Força Aérea da Coreia do Norte possui dezenas de aviões de combate, entre eles, dois bombardeiros, sete helicópteros, sete aeronaves de transporte e seis de treinamento.

A maior parte dessas aeronaves fica próxima à região da fronteira com a Coreia do Sul, para agilizar qualquer possível ataque norte-coreano.

Para superar um possível ataque da Coreia do Norte, o governo sul-coreano conta com a ajuda bélica dos Estados Unidos, para reforçar seu arsenal militar e o número de soldados

A pesquisa do Instituto Internacional de Estudos Estratégicos foi realizada em 2010, após os dois primeiros testes nucleares de Pyongyang (2006 e 2009) e antes de seu terceiro teste, em fevereiro deste ano.

O teste foi condenado por países como a Coreia do Sul, o Japão e os Estados Unidos, e iniciou as discussões que levaram a Coreia do Norte a declarar o estados de guerra, após sanções impostas pela ONU


 
velho ! olha oque você posta hahah
 
kkkkkkkk

eita,nao me lembro de ter comentado isso
Última edição por SombrA# em 01 jun 2013 12:09, editado 1 vez no total.
 
se liga me fala em quantas guerras vc jah viu o estados unidos envolvido? querendo ou não ele jah gastou muitos recursos, coreia do norte concerteza tem mais recursos, o Brasil tem mais recursos q os estados unidos... tem mais soldados tbm, pq não participamos de guerras e não tivemos perdas... tem q levar em consideração a habilidade do inimigo e seu arsenal, um exemplo e no cs, não importa o quanto o seu oponente é famoso se vc tem mais recurso q ele e tem mais armas vai ser mais dificil pra ele ganhar de vc...
 
af era mentira :(

queria Ver Sangue
 
Fonte ?