•  
     

Sem sinal da operadora? Então envie sinais de fumaça pelo iPhone



Numa situação emergencial, qualquer recurso, improvisado ou não, vale. Ninguém sabe no que pode se transformar o comportamento humano numa condição desesperadora – ainda mais se o celular estiver fora da área de alcance da operadora. Para evitar quaisquer medidas mais drásticas em função da saia justa, o acessório S.M.S., sigla para “Smoking Messaging Service”, é uma mão na roda a quem tem iPhone.

Trata-se de um case ao aparelho da Apple que evita as frustrações típicas quando o envio de alguma mensagem falha ou nas ocasiões em que os emoticons simplesmente bugam. O case, inteligente e simples, remete a uma técnica utilizada desde os tempos primitivos: sinais de fumaça. É o que você pode conferir no vídeo acima.

O que o case faz é aquecer e vaporizar óleo de lâmpada toda vez que qualquer botão for pressionado, enviando um pequeno sopro de fumaça pelo ar. Se as condições permitirem – distância, clima, visualização –, existe uma chance, ainda que remota, do destinatário “captar” a mensagem.

O método é absolutamente seguro porque cabe a você e ao usuário com o qual estiver tentando se comunicar encontrarem uma maneira de traduzir as baforadas em mensagens. Você pode simplesmente utilizar o bom e velho código morse – o qual, naturalmente, é menos seguro – ou criar toda uma nova linguagem do zero. Apesar do custo do óleo de lâmpada e do case em si, a utilização é totalmente gratuita, sem qualquer contrato ou taxa adicional.

Os sopros de fumaça também podem ser visualizados pela câmera do iPhone. Por enquanto, o S.M.S. é estritamente recomendado a quem adorar métodos primitivos, pois sua eficácia, é claro, deve ser questionada.

Mas os nossos ancestrais ficariam orgulhosos.


#Fonte