•  
     

"Rei do Brega", Reginaldo Rossi morre aos 69 anos no Recife

O músico pernambucano descobriu que estava com câncer de pulmão no dia 11 de dezembro e respondeu mal à primeira sessão de quimioterapia

Morreu, nesta sexta-feira (20), o cantor pernambucano Reginaldo Rossi, aos 69 anos. Ele estava internado no Hospital Memorial São José, no Recife (PE).

Reginaldo deu entrada no hospital em 28 de novembro e foi levado diretamente para a UTI. Na ocasião, a família não divulgou a causa da internação. Em 4 de dezembro, um nódulo foi retirado da axila direita do cantor e submetido a biópsia. No dia 9, passou por um procedimento chamado toracocentese, que retirou dois litros de líquido acumulados entre a pleura e o pulmão. O resultado da biópsia, divulgado no dia 11, confirmou o diagnóstico de câncer de pulmão.


Imagem

Em sua primeira sessão de quimioterapia, o cantor respondeu mal e precisou de hemodiálise e remédio para controlar a pressão. Em 12 de dezembro, a pressão arterial se estabilizou e o funcionamento dos rins e os exames laboratoriais também melhoraram.

Porém, na tarde de 19 de dezembro, Reginaldo voltou a ser entubado, desta vez por apresentar fadiga muscular e queda da saturação de oxigênio, conforme divulgou o boletim médico.


Vida e carreira

Nascido em 14 de fevereiro de 1944, no Recife, o cantor e compositor Reginaldo Rossi é conhecido como Rei do Brega. Iniciou sua carreira artística em 1964, quando imitava Roberto Carlos, e comandou o grupo The Silver Jets. Ele tinha orgulho de dizer que foi o primeiro cantor rock do Nordeste.

Em 1970, fez sucesso com a música Mon Amour, Meu Bem, Ma Femme, do álbum À Procura de Você. Depois disso, deixou de lado a carreira do rock para se dedicar ao lado de cantor "brega". Garçom, um de seus maiores sucessos, foi lançado em 1987 e foi hit na voz de diversos cantores. Entre seus maiores sucessos estão também as músicas A Raposa e as uvas, Em Plena Lua de Mel e Leviana.

Em 2009, Reginaldo participou do quadro Dança dos Famosos, no programa Domingão do Faustão, e em 2010 se candidatou a deputado estadual de Pernambuco pelo PDT, mas não obteve êxito. Antes de se lançar como cantor foi estudante de Engenharia Civil e professor de Física e Matemática.

Ao longo da carreira conquistou 14 discos de ouro, dois de platina, um disco de platina duplo e um disco de diamante. Seu último trabalho foi o álbum Cabaret do Rossi, lançado em 2010.

Reginaldo Rossi mantinha uma relação de 41 anos com Celeide Rossi, com quem tem um filho, Roberto, de 35 anos.


#FONTE
 
Quem nunca ouviu Reginaldo rossi rsrs

Ótimo cantor, fica com Deus!
 
Descanse em paz -.-
 
Músicas de corno, porém letras boa.
 
Musica "Para" cornos