•  
     

Processadores para smartphones Android: qual é o melhor?

Imagem

Muito se fala, na hora de avaliar os smartphones com Android do mercado, em qual é o seu processador. Porém, o que não fica muito claro é quais são os verdadeiros chips para dispositivos móveis que são considerados os superiores. Confira, então, uma análise dos principais processadores disponíveis atualmente em smartphones.

Atualmente, o processador mais potente no mercado é o Exynos 5 Octa, criado pela Samsung e presente no seu mais novo smartphone, o Galaxy S4. Os teste realizados por empresas especializadas são contundentes, e mostram que o desempenho processador octa-core com arquitetura ARM é o melhor até o momento.

Entretanto, a vantagem do Exynos 5 sobre o segundo processador mais potente do mercado, o Snapdragon 600, não é tão grande. O chip da Qualcomm, presente em grande parte dos smartphones top de linha do mercado – incluindo o Xperia Z, o HTC One e o próprio Galaxy S4 na versão quad-core – também tem tido desempenho excelente em testes.

Além disso, se for ignorado a velocidade do processador em si, o Snapdragon 600 leva até boa vantagem frente ao Exynos. Isto porque o chip octa-core esquenta mais do que o normal, o que acaba em um maior gasto de bateria do aparelho. Levando tal fato em consideração, o Snapdragon sai na frente por trazer ótimo desempenho e maior economia de energia.


O que o futuro reserva


Tanto Samsung quanto Qualcomm já estão trabalhando nas novas versões dos seus processadores, ambos baseados na arquitetura ARM. Porém, quem também está correndo por fora é a Intel. Com uma arquitetura diferente, que alia baixo consumo de bateria com grande poder de processamento, o novo chip da Intel, batizado de Atom Bay Trail, chega ainda este ano para esquentar a briga.

Do lado da arquitetura ARM, a Qualcomm já tem preparado o novo processador Snapdragon 800, que, segundo rumores, estará presente em um novo modelo do Samsung Galaxy S4 e em uma versão do Xperia Z. O novo processador foi apresentado a imprensa em junho, e já é considerado o processador mais poderoso de todos os tempos.

O resultado dessa briga só mesmo quando esses aparelhos chegarem nas nossas mãos para testes mais apurados. Porém, quem ganha mesmo com essa briga toda é o consumidor, com ótimos aparelhos que a cada geração consomem menos bateria e ficam mais potentes e mais inteligentes.


fonte