•  
     

PC com Android? Confira dicas para se dar bem e não ficar perdido

Presente nos mais variados dispositivos, de smartphone, tablets, smartwatches e até câmeras, o Android pode ser também usado como um PC comum. Afinal, uma das principais qualidades do sistema operacional móvel do Google é, certamente, sua versatilidade.

Testamos o HP Slate 21: All-in-One com Android ainda precisa de ajustes

Imagem

Na verdade, o robozinho pode ser um importante aliado para a fabricação de computadores de baixo custo, pois não há despesa de software, ao contrário de máquinas equipadas com Windows, por exemplo.
Veja as dicas abaixo e aprenda como se beneficiar do poder do Android usando-o como um computador desktop.

Passo 1. Prepare os periféricos. Uma das grandes diferenças entre um dispositivo móvel e um PC é a presença de periféricos, o que facilita o uso contínuo para estudo ou no escritório.


Imagem

Para trabalhar com Android confortavelmente, o ideal é conectar o dispositivo com o sistema em um monitor grande. No caso de tablets e smartphones, é só usar um adaptador HDMI para ligar à TV ou monitor com um cabo do mesmo padrão. Se você tiver um dongle com Android – como o Mini PC ou o MK802 –, basta conectá-lo diretamente à entrada HDMI do monitor ou TV.
Telas touch não são indicadas para uso em modo escritório, por isso você também vai precisar de teclado e mouse wireless. Prefira os modelos Bluetooth sem adaptador USB, assim você economiza a entrada única desse tipo presente no smartphone, tablet ou dongle.
Se você já tiver teclado e mouse USB e quiser aproveitá-los, vale adquirir um hub USB com várias entradas, assim você pode conectar seu dispositivo Android lá e ligar quantos periféricos quiser – o Android reconhece tudo automaticamente.
Outra opção é utilizar um dock específico para o modelo de seu Android, cuja maior parte é disponível para smartphones. Com eles, você pluga seu aparelho e já conecta à TV e aos periféricos ao mesmo tempo de forma bem simples.

Passo 2. Baixe o melhor navegador. São muitos disponíveis no Google Play para download. Chrome, Firefox, Opera e Dolphin são alguns deles. No entanto, para usar como computador desktop, é importante que o navegador móvel emule esse tipo de equipamento para mostrar os sites da forma que são feitos para PCs.


Imagem

O Chrome tem uma opção rápida para mudar ao modo desktop, porém é o Dolphin que oferece o melhor suporte para essa função. É possível habilitar o navegador para se comportar nativamente como um PC ou até, se desejado, como um iPad.

Passo 3. Tenha o melhor app de escritório. Se você vai usar o Android como computador pessoal, é claro que vai precisar da melhor suíte de aplicativos de escritório. A boa notícia é que a Microsoft já tem a versão do Office para Android, mas a má notícia é que é necessária uma assinatura do Office 365 para usá-lo.


Imagem

Uma alternativa é o excelente Kingsoft Office, similar à solução da Microsoft, porém completamente gratuito. Com ele você poderá criar textos, apresentações e planilhas sem problemas, como em um PC.
Passo 4. Deixe seu Android com cara de PC. Além de um bonito papel de parede e navegador eficiente, é necessário também que seus apps se comportem como se rodassem completamente independentes da homescreen.


Imagem

Para imitar o modo de funcionamento dos programas no PC, baixe o Quickly ou o Tiny Apps, disponíveis para download no TechTudo Downloads. O Tiny ainda tem uma versão Lite gratuita, porém com funcionalidades reduzidas.

Com eles você poderá deixar seus widgets rodando por cima de outros apps, em modo flutuante. Dessa forma, você vai sentir que está usando um PC, pois não será necessário trocar completamente de app para outro – eles funcionarão simultaneamente na tela.
De resto, aproveite as vantagens do Android como um computador pessoal abusando de sua versatilidade. Leve-o para onde quiser e conecte-o ao periféricos quando for estudar ou trabalhar e, em trânsito, use seu dispositivo na tela touch.


Techtudo