•  
     

Moto Z



Imagem

O processador do Moto Z brasileiro, embora poderoso, é diferente do Moto Z norte-americano. Nos EUA, e apenas lá, o smartphone vem com um Snapdragon 820 com clock máximo de 2,2GHz, enquanto no Brasil e no resto do mundo, o mesmo chipset vem com clock máximo de 1,8GHz.

A Lenovo explicou que essa diferença se deve a um acordo fechado com a operadora norte-americana Verizon, que exigiu um processador mais rápido para apoiar a empresa na comercialização do Moto Z por lá. Além disso, a versão brasileira será a de 64GB de armazenamento interno, e não a de 32GB.

A tela AMOLED do Moto Z tem 5,5 polegadas e resolução Quad HD (2.560 x 1.440 pixels), 4GB de memória RAM e Android Marshmallow quase puro de fábrica. A câmera traseira é de 13MP, tem abertua de ƒ/1.8, foco a laser, estabilização óptica, HDR, flash dual-LED e grava vídeos em 4K. A frontal é de 5MP e tem abertura de ƒ/2.2.