•  
     

Lista reúne 12 dicas para se proteger de novas ameaças de vírus e malwares

Já se foram os tempos em que um e-mail era a maior fonte de preocupação com o ataque de malwares existentes na Internet. Atualmente, criminosos usam táticas mais audaciosas e – graças à popularidade das redes socias – fáceis de se disseminarem, por falta de atenção.

Imagem

A forma mais eficiente é através de vulnerabilidades novas de um software, antes que seus desenvolvedores tenham tempo de lançar uma proteção contra elas.

A frabricante de antivírus ESET divulgou algumas dicas que podem evitar que seu computador seja infectado por malwares sem que seja preciso prejudicar o desempenho da máquina. Confira:


1) Evite instalar softwares suspeitos

A quantidade de plug-ins maliciosos tem crescido com o tempo. Muitos deles têm sido usados para roubar dados dos usuários e converter suas máquinas em fontes de ataques de negação de serviço.

É recomendável pesquisar as avaliações dos usuários para garantir que o que está sendo baixado não é, na verdade, um malware disfarçado de utilitário para PC.


2) Bloquear pop-ups

Alguns pop-ups são usados para distribuir malware ou iniciar golpes de phishing. É recomendável configurar o navegador para bloqueá-los por padrão, tornando possível inspecionar qualquer janela que tentar se abrir, e evitar pausar a navegação por isso.

3) Evite ser amigável demais nas redes social

A nova busca social do Facebook torna mais fácil encontrar pessoas e rastrear seus dados. Este risco pode ser minimizado evitando adicionar desconhecidos. Outra dica é rever as configurações de privacidade, garantindo que somente as pessoas que você deseja tenham acesso a certos dados. Isso evita que o usuário se torne uma vítima de golpes de phishing.

4) Cuidado com links do Twitter

O Twitter é uma forma rápida de disseminar histórias e essa velocidade faz com que seja fácil para cibercriminosos espalharem link falsos que, na verdade, levam para sites que tentam infectá-lo. A dica é, caso ache que o link seja suspeito, procurar a história, notícia, vídeo ou foto em um sistema de busca como o Google.com e encontrar links seguros a partir daí.

5) Suspeite de pedidos de atualização de players de vídeo

Uma tática comum para espalhar malwares é enviar links de vídeo falsos, que fingem não poder ser abertos e pedem que os usuários façam a instalação de uma falsa atualização. Para se proteger, garanta que softwares como Flash e Java estejam sempre atualizados e faça estas atualizações a partir do painel de controle do computador ou quando for requisitado.

6) Suspeite de presentes online

Entregas grátis de produtos caros – como tablets e smartphones – na Internet, especialmente em sites que pedem que sejam preenchidos dados pessoais, costumam ser golpes para que os desavisados entreguem informações que podem ser usadas em roubo de identidade.

7) Cuidado com redes de Wi-Fi públicas

O acesso à Internet em redes públicas pode ser uma forma de acessar dados confidenciais – seja de trabalho ou bancos. Quando for acessar este tipo de informação é recomendável utilizar conexões privadas como a 3G, através do celular, com tráfego de dados fechado.

8) Mantenha seu software atualizado

Imagem

Garantir que seu sistema operacional, seja Windows, OS X ou Linux, esteja sempre atualizado é uma forma excelente de combater a disseminação de malwares. Isso permite que sua máquina elimine brechas de segurança, melhorando sua proteção online.

9) Redobre o cuidado com sites de bancos

Quando for acessar a página de um banco, mantenha a atenção redobrada para garantir que está acessando o site correto. Os softwares de proteção atuais ajudam a conferir os links e fornecem avisos sobre a segurança de onde você está navegando. Fique atento.

10) Evite ver vídeos em sites desconhecidos


Sites que oferecem vídeos gratuitos podem aproveitar brechas para também espalhar malware. Isto é ainda mais comum nos que oferecem filmes que ainda passam no cinema.

11) Alertas de navegadores não são infalíveis

[b]Alguns navegadores alertam quando um site que o usuário está tentando acessar é perigoso, mas este sistema não é completo. Para se proteger contra a disseminação de malware, procure contar também com a proteção adicional de um bom antivírus na sua máquina.

12) Não armazene senhas no seu navegador

Tome cuidado para não deixar suas senhas armazenadas em um navegador – isso é ainda mais perigoso caso se trate de uma máquina pública ou compartilhada. Também evite deixar sua conta logada em redes sociais ou contas de e-mail. É recomendável limpar o histórico do navegador e usar um gerenciador de senhas sempre que terminar uma navegação.


#FONTE
 
Bom tópico, eu preciso de um ativirus, desinstalei faz uma semana ta complicado rs.