•  
     

Lenovo diz que vai recuperar Motorola em apenas alguns meses

43595060113161841-t640.jpg


O vasto portfólio de patentes não foi suficiente para salvar a Motorola. Sob a responsabilidade da Google, os lançamentos dos smartphones Moto X e Moto G também não foram suficientes para colocar a empresa de volta na briga. Entretanto, para a Lenovo, isso não parece ser um problema.

Em entrevista à Bloomberg, o CEO da Lenovo, Yang Yuanqing, afirmou com tranquilidade que “em alguns trimestres a Motorola vai estar de volta ao mercado”. “Estou confiante desde o primeiro dia que fechamos o negócio que nós rapidamente vamos contribuir para o desenvolvimento e o crescimento sustentável da Motorola”, afirmou.


Por que comprar a Motorola?

Em um texto de apresentação divulgado para a imprensa, a Lenovo revelou quais foram as razões que a levaram a adquirir a Motorola. A empresa pretende reintroduzir a marca Motorola na China e também ampliar o portfólio de smartphones nos mercados em que ela já atua.

Isso não significa que a companhia vá deixar de lado o mercado de smartphones “premium”, mas sim que ela pretende brigar também com os aparelhos intermediários e de baixo custo. Para isso, o foco devem ser os mercados emergentes, com produtos mais inovadores.

Atuando em escala global, a Lenovo pretende reduzir os custos de produção e distribuição dos produtos da Motorola, integrando-os ao seu portfolio. A meta da empresa, ao menos em um primeiro momento, é a de se firmar no mercado como a terceira maior fabricante de celulares do mundo.


#Fonte
Não tem Permissão para ver os ficheiros anexados nesta mensagem.