•  
     

Frases Charlie Brown

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Acustico Completo



[center]A história de Charlie Brown


Em 1987, um adolescente paulistano se mudou para Santos. Na época Alexandre Magno, não almejava muita coisa da vida, apenas tempo para andar de skate e um pouco de paz em sua vida conturbada. Entre um rolê e outro, Alexandre virou Chorão e passou a cantar na “Whats Up”, uma banda santista.

Como a banda já possuía um “dono”, Chorão cansou de receber ordens e procurou novos companheiros para tocar. Além do guitarrista Marcão, o baixista Champignon na época com 12 anos, passou a integrar a banda que recebeu o nome de Charlie Brown Jr. Juntaram-se a eles, pouco tempo depois, Thiago (guitarra) e Pelado (bateria).

Criado em 1992, o nome surgiu porque Chorão bateu um quiosque de praia com o nome de Charlie Brown. Jr é porque eles se consideravam legítimos representantes da nova safra do rock nacional dos anos 90. E realmente eram. Junto com Raimundos, o Charlie Brown Jr representava o melhor rock brasileiro noventista.

Até conseguir um contrato com uma gravadora, o CBJR gravou três demos. A última delas chegou as mãos do respeitado produtor musical Rick Bonadio, que começou a investir na banda. Famoso por ter um feeling do que vai dar certo no mercado musical, foi graças a Rick que eles conseguiram assinar um contrato com a gravadora Virgin.

“Transpiração Contínua e Prolongada” era o nome do primeiro álbum, lançado no ano de 1997. Embora esse álbum possua vários hits, foi “Proibida pra mim” que traiu fãs de diversos perfis. Foi nessa época que a banda recebeu o prêmio de “Banda Revelação” no VMB, uma das maiores festas da música brasileira.

O segundo álbum “Preço curto... Prazo Longo” veio em seguida e levou o Charlie Brown Jr para lugares antes nunca imaginados. Com ritmo muito animado e as letras de música do Charlie Brown Jr sempre contagiando os mais jovens, eles passaram também a possuir uma música como tema da novelinha Malhação, se tornando um dos ícones da juventude da época. Surpreendentemente, Thiago, então guitarrista da banda, sai do grupo para casar e se dedicar a família.

O Charlie Brown Jr era um fenômeno musical nos anos 90 e continuou assim na década seguinte. O terceiro álbum “Nadando com os Tubarões” veio no ano de 2000. A música “Rubão” foi uma das mais tocadas no país e seu videoclipe é o mais elogiado da história do grupo.No ano de 2003 eles conseguiram pela primeira vez o prêmio mais desejado do VMB, “Escolha da Audiência”.

Elétricos e extremamente competentes, eles não param. Em sequência vieram os álbuns “100% Charlie Brown Junior - Abalando sua Fábrica”, o “Bocas Ordinárias”, “Tamo aí na Atividade”, “Imunidade Musical” e “Ritmo, Ritual e Responsa”.

O último lançamento foi o “Camisa 10 (Joga Bola até na chuva)”, lançado em setembro de 2009. Produzido pelo companheiro de longa data, Rick Bonadio, é o décimo disco da banda e o primeiro em parceria com a gravadora Sony Music.
 
esse cara e muito foda mano so fas frases bunitas !
 
(Y)
 
sou fã desse cara...