•  
     

Copa-2014 já iguala atraso de estádios da África do Sul-2010

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, está certo ao dizer que o Brasil demorou a iniciar a preparação da Copa-2014. Mas ainda não está correto ao afirmar que é o Mundial mais atrasado de sua gestão. Levantamento do blog mostra que, no momento, o país igualou os descumprimentos de prazo da edição anterior da competição, na África do Sul, em 2010. Corre o risco de se tornar o mais lento se continuar a postergar inaugurações.

Até o meio do ano passado, o Brasil estava um pouco na frente dos sul-africanos com seis estádios (Maracanã, Arena Pernambuco, Arena Fonte Nova, Castelão, Mineirão e Mané Garrincha) prontos há um ano da Copa, contra cinco dos antecessores (Ellis Park, Free State Stadium, Royal Bafonkeng, Mbomblea Stadium, e Lotus Versefeld).

Ressalte-se que ambos deixaram suas arenas prontas de última hora para a Copa das Confederações e estouraram todos os prazos da Fifa. Ressalte-se que ambas as preparações para o Mundial eram as mais lentas já vistas em comparações a outras edições.

Só que, a partir do meio de 2013, o Brasil enfrentou enormes problemas com seus estádios restantes, como os acidentes fatais no Itaquerão e na Arena Amazônia. Em resumo, não entregou nenhuma arena nova até o final de 2013. E a África do Sul terminou o Moses Mabhida, em Durban, até novembro de 2009. Até ai, os países empatavam em progresso dos locais dos jogos, com o lembrete que 2010 tinha dois estádio a menos.

Porém, duas arenas africanas, o Green Point, na Cidade do Cabo, e Peter Mokaba, em Polokwane, foram inaugurados com jogos em janeiro de 2010, ano da Copa.

Dos seis estádios restantes do Brasil, a Arena Pantanal e a Arena das Dunas têm datas de inauguração previstas para o final de janeiro. O Beira-Rio informou estar perto da conclusão das obras, mas sem precisar uma data para sua finalização.

E a Arena da Baixada e a Arena da Amazônia vivem incertezas sobre as conclusões dos seus trabalhos e de suas inaugurações, após atrasos e problemas financeiros enfrentados pelo Atlético-PR, e acidentes fatais, no caso da arena do Norte.

Por fim, o Itaquerão, após acidente em novembro, tem previsão de inauguração para o meio de abril. Repete o roteiro de atraso do Soccer City, estádio da abertura e da final da Copa-2010 que foi concluído em abril do ano da Copa-2010 e teve o primeiro jogo de grandes proporções em maio.

Outro estádio sul-africano que só foi entregue às vésperas da Copa foi o Mbomblea Stadium, em Nelspruit, cuja partida inicial ocorreu no meio de maio, a apenas um mês da Copa.

Se levarmos em conta apenas o número de estádios para entrega, a seis meses do Mundial, o Brasil já está até mais atrasado do que a África do Sul visto que ainda tem seis incompletos, contra quatro sul-africanos. Mas havia menos arenas naquele Mundial. Em resumo, a Copa-2014 está prestes a confirmar a declaração de Blatter e se tornar a mais atrasada de toda sua gestão na Fifa.


Fonte
 
Pra quem achou que a africa do sul não poderia sediar a copa, ta ai o brasil "Pais do futebol"

O Morumbi tava prontinho pra sediar os jogos, só cobrir ele, mas eles preferiram fazer outro.. tudo errado..