•  
     

Cientistas comprovam a implosão do World Trade Center

Uma equipe de oito pesquisadores liderados pelo professor Niels Harrit da Universidade de Copenhaguem (Dinamarca), comprovaram a existência de explosivos altamente tecnológicos em amostra dos escombros das torres gêmeas e do prédio 7.
Essa pesquisa vem a confirmar um trabalho semelhante préviamente executado pelo professor Steven Jones nos Estados Unidos. Outras matérias que que vem de encontro a esse achado são as do time de Arquitetos para o 911.
Com esse achado se explica a queda livre dos prédios num processo de demolição. Os aviões não poderiam derrubar as torres gêmeas devido a temperatura do combustível não ser suficiente para derreter aço. O impacto também não pode ter afetado a estrutura no nível afirmado pelo governo americano, uma vez que o prédio foi desenhado para suportar aviões daquele tamanho.
Ferro derretido na base dos predios ficou vivo por várias semanas. E por tres meses fotos infravermelha de satélites mostraram bolsões de alto calor nas tres torres.
Larry Silverstein comprou o leasing do WTC entre 2000 e 2001. dois meses antes do "ataque" ele assegurou os predios em dois bilhões de dolares contra ataque terrorista, algo como todos sabemos um tanto incomum.


O ataque 911 serviu para:

1. Criar ódio contra os arabes e fomentar as guerras americanas na saga pelo óleo e a hegemonia Israelense no Oriente Medio. Tambem chamado False-Flag.

2. Desaparecer com 1,5 trilhões de dolares a fundo perdido das contas do Pentágono (Rumsfeld declarou um dia antes).
3. Documentos provas contra a Enron que desapareceu n aqueda do predio 7.

4. Auto-pagar os empreiteros, talvez via Larry Silverstein e a fortuna que ele arrecado de seguro.

Existem evidências que agentes do Mossad (serviço israelense) foram capturados no dia, alguns comemorando a queda do topo de uma van, e outros carregando explosivos. Todos foram libertados pelo FBI. (essa informação precisa ser confirmada).

Achou interessante? Deixe seu comentário