•  
     

Campus Party: Ford anuncia serviço AppLink para o Brasil

Durante o segundo dia da Campus Party, a Ford abriu o ciclo de palestras do evento com um anúncio importante para o Brasil: o lançamento, até o final de 2014, do sistema AppLink para sua linha de veículos nacionais.


Imagem


Esse recurso permite aos carros da Ford agir como um smartphone durante a viagem, oferecendo aplicativos com diversas funções para facilitar a vida do motorista. Os diferenciais com relação a outras plataformas seriam dois: com relação à interface, o AppLink pode ser operado exclusivamente com comandos de voz, sem que o motorista precise tirar os olhos da pista por um segundo sequer; na parte de modelo de negócios, a empresa tem pretensões de criar uma espécie de AppStore própria, com kit de desenvolvimento gratuito e aberto. Todos os aplicativos desenvolvimentos nesse sistema serão de propriedade total de quem os desenvolver, exatamente como acontece nas lojas digitais dos sistemas de smartphone hoje.
Buscar aplicativos será uma tarefa independente do carro. Para navegar entre os que estiverem disponíveis, os usuários poderão usar o iOS ou o Android com o aplicativo Ford App Catalog, que depois fará uma sincronização com o carro para baixar os aplicativos que estiverem integrados com o AppLink. Quando o Sync estiver ativo, a tela do telefone fica bloqueada. As únicas interfaces são a da voz e a do painel do carro.
O SDK completo, com o conjunto de APIs para que qualquer interessado desenvolva aplicativos para a Ford, está sendo distribuído no site developer.ford.com. O kit incluirá um segundo SDK completo com a interface para iOS e Android, e a Ford começará a comercializar um caixote que recria todo o sistema do carro chamado TDK, com painel e funções automotivas compactadas numa espécie de caixa de som. Antes disso, ela oferecerá um emulador do carro no próprio software de desenvolvimento.
A Ford não vai cobrar taxas dos consumidores, ou seja, o serviço é gratuito. Apesar de ainda não ter data para chegar, a companhia já garantiu que isso acontecerá acontecerá até o final de 2014, e ficará disponibilizado para a maior parte dos carros com sistema Sync.


Imagem

No momento, só foram três aplicativos com versão nacional, de um total de 66 disponíveis: TuneIn Radio, Glympse e Napster. Como o AppLink é desligado da tecnologia do carro, no entanto, existirá grande facilidade para que aplicativos hoje presentes em outras regiões sejam facilmente transpostos para o Brasil, assim como aqueles que já existem nos celulares e tablets. Justamente para acelerar esse processo, a Ford tem promovido hackatons desde o começo do ano, inclusive premiando os melhores projetos com uma TDK e a publicação no sistema da Ford. No Brasil, maratonas de programação e conferências sobre o AppLink começarão a partir de julho, onde os desenvolvedores terão acesso a todo o material para programar.


Fonte