•  
     

Brasileiro cria plataforma que gera versões alternativas de Flappy Bird

Desde que Flappy Bird, o polêmico jogo para smartphones foi retirado do ar, o game ganhou várias imitações que tentam manter viva a "brincadeira do passarinho". Para aumentar o número de versões, o brasileiro João Paulo Apolinário, de 21 anos, lançou o site Flappy Generator, que permite ao usuário fazer a sua versão própria de Flappy Bird para a plataforma web, que pode ser jogada no desktop.

A iniciativa de tirá-lo do ar foi do seu próprio criador, Dong Nguyen, que deixou órfãos os fãs do viciante jogo que propõe o desafio de fazer pássaros passarem ilesos por tubos que tentam esmagá-los.


Imagem

“Eu vi que muitos clones do Flappy Bird estavam sendo feitos e muitas montagens também, com as pessoas trocando o pássaro e o cano por piadas dentro dos seus próprios contextos. Aí, pensei em criar esse gerador para que todos pudessem criar os seus”, explica Apolinário, criador do Flappy Generator.

Imagem

O Flappy Bird é um game que tomou conta das lojas de aplicativos e tem como objetivo passar com o pássaro entre canos, dando toques na tela, para não deixar o passarinho cair ou ser esmagado.
Na proposta de Apolinário, o Flappy Generator, o usuário pode selecionar imagens para substituir o pássaro e os canos, além de dar um novo nome para o jogo. Em seguida, basta clicar no botão “Gerar Jogo” e começar a brincar com o personagem escolhido usando os mesmos comandos do jogo original.


Imagem

O estudante vê como “interessante” a escolha de Nguyen de abdicar de fama e dinheiro em prol do retorno ao anonimato. Apesar de ganhar cerca de US$ 50 mil por dia com a repercussão do jogo, Nguyen não se sentia à vontade com o sucesso. “Minha vida não tem sido tão confortável como era antes”, explicou em entrevista a Forbes. “Eu não conseguia dormir”.
Após abandonar o curso de Ciência da Computação no 7° período, Apolinário ingressou na Universidade de Brasília como estudante de Comunicação Social. Além do “Flappy Generator”, são suas criações o "Gerador de Placas da Copa do Mundo" e o "Parabenizador Pessoal".


Fonte
 
Um brasileiro fez alguma coisa :o :lol: